• nathaliepoppy

5 maiores conquistas de Stephen Hawking



Stephen Hawking, físico britânico, morreu ontem dia 14 de Março aos 76 anos, deixando o mundo com uma grande mente à menos. Em sua homenagem, decidimos fazer uma lista das suas maiores conquistas.

“Todos nós somos um pouco deficientes na escala cósmica. Que diferença faz alguns músculos a mais ou a menos?”

Aos 21 anos de idade, Hawking foi diagnosticado com ELA (esclerose lateral amiotrófica), uma doença rara e progressiva causada pela morte dos neurônios motores superiores e inferiores, o que causa a perda da força dos braços e das pernas, atrofias e câibras, e conforme avança ainda pode comprometer a fala, a deglutição e a respiração.

Os médicos haviam lhe dado no máximo três anos de vida, mas ele viveu por mais 55 anos após o diagnóstico. A explicação para alguns pacientes como ele conseguirem enfrentar a doença e viver com ELA por tanto tempo, de acordo com o neurologista Acary Souza Bulle Oliveira, professor da Unifesp e especialista em ELA, é a força psicológica. "Uma das explicações é a vontade de viver, o engajamento em relação à vida. São pessoas que querem aproveitar a vida, que têm uma missão a cumprir, desafios a vencer", explica o médico.

Para conseguir se locomover e comunicar, a cadeira de Hawking era equipada com uma série de recursos tecnológicos que liam os poucos movimentos de sua bochecha para identificar os comandos, incluindo fala, movimentação, um controle remoto universal para controlar a tv e as luzes da casa, e até acessar a internet.

"Se a viagem no tempo é possível, onde estão os viajantes do futuro?"

Em 1988 Stephen Hawking lançava seu segundo livro, "A Brief History of Time" (Uma breve história do tempo), discutindo cosmologia de maneira lúdica e simplificada, deixando a leitura mais fácil para os leigos entenderem sobre os mistérios do universo, desde o Big Bang até Buracos Negros. O livro vendeu mais de 10 milhões de cópias, feito impressionante para um livro sobre física.

E não escreveu apenas isso! Foram mais de 15 livros, entre eles uma série infanto-juvenil escrita em parceria com a sua filha, Lucy Hawking, onde o garoto George viaja pelo universo em busca de soluções para os seus mistérios.

"No espaço ninguém pode te escutar gritando, e em um buraco negro ninguém pode te ver desaparecendo"

Stephen Hawking descobriu tudo o que sabemos sobre buracos negros, respondendo algumas das grandes questões da física, e fazendo aparecer uma série de novas perguntas à serem respondidas.

Por exemplo, ele descobriu que buracos negros não são negros, e sim muito brilhantes. "Os efeitos quânticos fazem com que eles brilhem como corpos incandescentes, com uma temperatura menor quanto maior for o buraco negro."


Uma de suas descobertas mais importantes foi a Radiação Hawking, um tipo específico de radiação expelida pelos buracos negros. No início essa descoberta foi controversa, mas hoje é vista como um grande avanço pelos físicos teóricos.

"Meu objetivo é simples. Um completo entendimento sobre o universo, por que ele é como é, e por que existe."

Hawking ganhou uma série de homenagens e prêmios. Tem prédios com seu nome em Cambridge, Inglaterra, e também no Canadá e El Salvador.

Em 1964 tornou-se membro da Academia Real de Ciência. Apenas um ano depois recebeu das mãos do Papa uma homenagem por seus estudos sobre o universo. Também foi vencedor do Prêmio Albert Einstein. Foi professor de matemática em Cambridge por 30 anos. Em 1980 foi condecorado como comandante do Império Britânico, um título abaixo de cavaleiro. E em 2009 recebeu das mãos de Barack Obama uma Medalha da Liberdade, a mais alta honraria que um civil pode receber nos Estados Unidos.

Apesar da fama, de todos os prêmios que angariou durante a vida e dos grandes avanços que forneceu para a ciência, Hawking nunca ganhou um prêmio Nobel. Isso acontece porque ele é um físico teórico, ou seja, suas teorias nunca foram comprovadas. Questionado uma vez qual seria o experimento que faria se pudesse escolher um, mesmo que impossível, Hawking respondeu “O experimento que eu gostaria de fazer é detectar a radiação Hawking de um buraco negro, assim eu ganharia um Prêmio Nobel”.

"A vida seria trágica, se não fosse cômica"

Ele experimentou a gravidade zero sobrevoando o Atlântico em um avião modificado em 2007, saindo de sua cadeira pela primeira vez em décadas! Além da vontade de uma experiência incrível, Hawking queria incentivar as viagens espaciais e sua acessibilidade. Ele acredita ser muito importante que os seres humanos comecem à colonizar o espaço. "A raça humana não deveria colocar todos os seus ovos em uma cesta, ou em um planeta."


Também se tornou uma celebridade na televisão, onde era constantemente chamado para participar de episódios de séries como The Big Bang Theory, Futurama e Os Simpsons. Ao todo participou de 44 programas de televisão.


O mundo perdeu uma grande mente, que nos motivava à ir mais longe apesar das nossas limitações. O próprio Hawking não acreditava em vida após a morte, um ateísta ferrenho, mas sua história será lembrada para sempre por suas descobertas e influência. Isso também é uma forma de viver para sempre, certo?

Fontes: BBC | Stephen Hawking by Charlie | Mega Curioso | IMDB | CNN

#tecnologia #homenagem

117 visualizações

Fale com a gente!

(11) 2157 4561

Rua Canhoneira Mearim, 91

Vila Maria, São Paulo - SP

  • Branca ícone do YouTube
  • White Facebook Icon
  • White Instagram Icon

Poppy Digital | São Paulo - SP ​© 2019

Icone-Whatsapp.gif